Café Com Código #08: Weka – Consultando um Banco de Dados MySQL

Salve Minerador!  o tema de hoje é: “Weka: Consultando um Banco de Dados MySQL”.

Nesse Café com Código vai mais um dica para você aprender Data Science na pausa para o sagrado cafezinho.

Na rapidinha de hoje mostraremos um exemplo de como consultar um banco de dados MySQL a partir do Weka.

Caso você ainda não conheça o Weka não deixe de conferir o artigo Ciência dos Dados com Weka: Domine 7 Técnicas Essênciais sem Escrever uma Linha de Código.

Abordamos técnicas desde o carregamento de bases de dados, manipulação até aplicação de algoritmos de Machine Learning.

Voltando ao nosso contexto, antes que esfrie o nosso café, O Weka nos permite consultar dados diretamente em diversos SGBD’s através de um driver JDBC.
Dessa forma facilita muito o acesso e manipulação dos dados que estão armazenados em um banco de dados relacional como o MySQL, Oracle, PostgreSQL etc.

Através de uma query podemos importar os dados retornados para o Weka e trabalhar normalmente com todos os filtros, métodos e classificadores sem a necessidade de gerar um arquivo de dados.

Como neste exemplo iremos utilizar o MySQL, faça o download do driver JDBC aqui.

Após fazer o download do arquivo de driver coloque o arquivo .jar no mesmo diretório de instalação do Weka.

Observe na imagem abaixo que o arquivo de driver de conexão mysql-connector-java-5.1.30-bin.jar está na mesmo diretório do arquivo weka.jar

Depois de baixado o arquivo de driver o próximo passo é editar o script RunWeka.ini e incluir o nome do arquivo de driver ao classpath para a inicialização do Weka conforme imagem abaixo.

Observe que a inclusão do nome do arquivo vem precedida de um ; (ponto e virgula).

Uma vez incluído o nome do arquivo de driver. Antes de inicializar o Weka precisamos configurar o arquivo DatabaseUtils.prop que define diversas configurações específicas sobre o SGBD que iremos nos conectar.

O Weka nos disponibiliza o arquivo DatabaseUtils.prop para vários SGBD´s e para acessar extraia o arquivo weka.jar e navegue até o diretório weka\experiment conforme imagem abaixo.

Escolha o arquivo conforme o sistema de gerenciamento de banco de dados desejado, renomeie para DatabaseUtils.props e salve no mesmo diretório do arquivo weka.jar.

Uma vez o arquivo foi incluido no diretório do Weka edite e configure as variáveis JDBC Driver e database URL conforme imagem abaixo.

Com o Weka inicializado o próximo passo é configurar nossa conexão com o usuário e senha, e por fim a consulta para selecionar os dados. Veja na animação abaixo.

Na animação acima mostra passo a passo como estabelecemos a conexão utilizando o usuário e senha para a conexão com o MySQL, a execução da query e a importação dos resultados no Weka.

Simples, fácil e útil hein?

Esse foi mais um Café com Código, toda quarta as 15h no seu e-mail 😉

Se quiser receber tutoriais como este no seu e-mail assine a lista abaixo 🙂

Gostou dessa dica? Não esqueça de compartilhar com seus amigos e me conte aqui o que está achando.

Forte abraço!

Coloque o seu e-mail abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!